influenciadores_boxx

Imagem: Pexels | CC0 1.0 Public Domain


O conteúdo on-line hoje em dia é um dos reis da internet, além de ser um aliado poderoso para quem quer e precisa vender mais. E mais do que apenas os materiais divulgados pelas empresas (como talvez você já faça), temos também a produção dos influenciadores digitais, que vem sendo de importância fundamental para ajudar a construir marca.
A pergunta que provavelmente você está se fazendo é: como funciona isso? Pode ficar tranquilo que o nosso post de hoje vai oferecer as respostas, de forma prática e objetiva. Confira!

O que são os influenciadores digitais?

Lembra que há um tempinho atrás nós falamos aqui no blog sobre os influenciadores digitais? Pois então, essas pessoas são aquelas figuras que através de seus blogs, vlogs, redes sociais e afins, têm o poder de fazer com que os outros ouçam o que eles têm a dizer.
E mais. Eles conseguem influenciar as ações de seu círculo de ouvintes, leitores e/ou seguidores. Agora imagina o que elas podem fazer em relação a produtos e serviços?

Como influenciadores digitais ajudam (efetivamente!) a construir uma marca?

É uma nova estratégia de branding que faz todo sentido. Se tivermos, de um lado, um grupo de influenciadores digitais e, de outro a necessidade de uma empresa de construir marca, nada melhor do que unir as duas em um projeto diferenciado!
Nós não estamos falando aqui de rodar peças publicitárias ou propagandas nos canais de distribuição dessas pessoas. Na verdade, essa é uma oportunidade de criar conteúdos diferenciados para segmentos do público no seu funil de conversão.
Como? Calma, a gente explica. Se você vende bicicletas para centros urbanos, por exemplo, pode encontrar influenciadores digitais que defendam o mesmo que sua empresa (ciclistas urbanos, talvez) e estejam dispostos a experimentar o que sua empresa oferece e ajudar a multiplicar essa experiência positiva junto ao seu público. O resultado? Uma poderosa ação para reconhecimento de marca.

Quais as melhores formas de usar esse tipo de marketing?

As possibilidades são muitas… Se pensamos especificamente em construir a sua marca, acho que podemos apontar alguns caminhos legais:

  • Que tal criar uma campanha para lançar uma # (hashtag)? Não precisa ser algo óbvio como #suamarca, mas algo interessante e que desperte o interesse e a vontade de compartilhar. Para se ter uma ideia, que tal reler os objetivos do seu projeto de marketing? A sua munição vai estar toda ali.
  • Faça uma campanha com diversos materiais diferentes que visem, de alguma forma, mostrar ao mundo como sua marca pode ajudar a resolver os problemas mais cotidianos. Uma dica: as perguntas mais simples e óbvias costumam ser as respostas mais comuns e eficazes. Portanto, invista no básico.
  • Merchandising — não precisa ser aquele merchan clássico (e nada contra ele!)… Mas você também pode inovar nos conteúdos, nos formatos. Um exemplo bem legal é a campanha feita entre o canal Porta dos Fundos e o Spoleto, que rendeu um vídeo com quase 12 milhões de visualizações.

O melhor é ter a certeza de que os influenciadores digitais eleitos sejam, de fato, possíveis parceiros para ajudar a construir a sua marca. Busque conhecê-los a fundo, entre opiniões, histórico e qualquer coisa que possa impedir que você façam uma perfeita ação de branding. Afinal, propaganda boa é aquela que apenas mostra para o público os reais benefícios de um produto ou serviço. A força está aí.
Ficou curioso para saber como construir uma marca forte? Aproveite e descubra 4 coisas que as marcas mais valiosas têm em comum!