Tag: agência

nov
06

Colaborador: o primeiro porta-voz de sua marca

branding

Dizem que uma marca não é o que ela fala dela mesma. Para saber a verdadeira essência de uma marca, você deve perguntar aos colaboradores. E é a mais pura verdade. Uma marca pode se autopromover da maneira que quiser da porta para fora da empresa, porém os colaboradores são os que sabem, sentem e vivem diariamente quais são os verdadeiros valores, crenças, pontos fortes e fracos de uma marca.

Leia Mais

Curta & Compartilhe:

out
27

Não basta apenas prometer, tem que entregar

servico
O que você promete é de fato o que você entrega? Se a sua resposta for não, cuidado, você pode estar fadado ao insucesso e ao fracasso da sua marca e empresa. Todos nós como consumidores estamos nos tornando cada vez mais exigentes perante as marcas. E, para nos ajudar a falarmos para todos os nossos amigos ao mesmo tempo, seja mal ou bem de uma marca, chegaram para ficar as redes sociais que nos dão espaço e ouvidos, além de abrir um canal de diálogo com outros que pensam igual ou diferente de nós em relação à marca.

Leia Mais

Curta & Compartilhe:

set
27

Quando uma marca deve abraçar causas sociais?

 

drag

O mundo mudou muito nos últimos tempos, as diferenças que sempre foram um grande tabu, hoje são cada vez mais aceitas e respeitadas.

Foi pensando nisso, que muitas marcas ao redor do mundo decidiram abraçar causas sociais. Afinal, na maioria das vezes seu público é composto de uma grande diversidade: homens, mulheres, brancos, negros, heterossexuais, homossexuais, pessoas com alguma deficiência física ou mental e por aí vai.

Porém, houve casos onde esse ato de abraçar causas sociais não surtiu o efeito que a marca esperava e acabou causando uma grande polêmica, refletindo numa imagem negativa para empresa. Foi por isso, que preparei esse post para refletirmos sobre quando uma marca deve abraçar causas sociais.

Leia Mais

Curta & Compartilhe:

set
05

Conexão com o consumidor através de experiências de marca

walt-disney-statue-1483870

Os clientes são o que há de mais importante para uma marca. Através deles ela se mantém no mercado, prospera, garante anos de vida útil e, ainda, pode se tornar inesquecível na lembrança de muitos. Em momentos difíceis, ou em que é preciso pensar em ações de marketing e no branding eficiente para minimizar ao máximo possíveis impactos produzidos por fatores diversos, a gestão da crise se utiliza de estratégias que se tornam experiências para outras marcas em caso de sucesso.

Várias são as maneiras que uma marca se utiliza para conquistar clientes, melhorar o seu relacionamento com os que já existem e, ainda, torná-los fiéis. Promoções estão entre estas ações de marketing feitas pelo branding, bem como eventos direcionados, mudanças nas embalagens (deixando-as mais atrativas, mais fáceis de serem usada, recicláveis/retornáveis, etc). E, não menos importante: atendimento através de redes sociais. As redes sociais se tornaram plataformas de grande utilidade não apenas para melhorar o relacionamento, mas também para conhecer o público alvo e o que ele realmente deseja.

Além disso, algumas empresas conseguem se destacar no mercado promovendo ações de marketing que fazem tanto sucesso que se tornam inspiração para outras tantas companhias espalhadas pelo mundo. Um dos maiores exemplos disso foi a ação publicitária da Coca-Cola chamada “Bebendo uma Coca-Cola com”. Nesta campanha, a empresa colocou em suas embalagens mais de 600 nomes, e também apelidos, fazendo com que as pessoas procurassem pelos seus, de seus amigos e familiares, aumentando a fidelidade e a conexão com a marca. Desta maneira, os consumidores não apenas compravam o produto, mas compartilharam seus “achados” nas redes sociais.

Outra empresa que conseguiu ter sua marca reconhecida mundialmente através da estratégia de branding foi a Red Bull. A companhia apostou no marketing de conteúdo desenvolvendo material correto e fazendo com que ele fosse encaminhado para seu devido público alvo nas redes sociais. A Red Bull utiliza, principalmente, o Twitter, o Instagram, o Facebook e o YouTube para divulgar seu material, ditando um estilo de vida e identificando aqueles que seriam os seus consumidores. Apesar de ter consumidores bastante definidos, é difícil encontrar alguém que não conhece ou nunca tenha ouvido falar da marca Red Bull, por mais que não use seus produtos.

A Apple, uma das gigantes das tecnologias, também aposta no marketing para a venda de seus produtos, e faz isso através da identificação de seus clientes. A estratégia dá certo, haja vista as filas que se formam nas lojas da empresa quando estão prestes a lançar um novo item da marca. A campanha “Mac vs. PC” é a mais emblemática da companhia, deixando claro quais são suas intenções. Nesta campanha, a Apple distinguiu quem eram os consumidores de sua marca de quem usava PCs, sendo estes pessoas ultrapassadas e aqueles usuários descolados e ousados. A Apple possui clientes fidelizados por todos os cantos do mundo que não trocam a marca por nenhuma outra, sempre motivados a comprar novos produtos.

Para finalizar, a empresa que ficou em primeiro lugar, entre mais de 1500 marcas, na pesquisa da RP Cohn & Wolf sobre as companhias que transmitem imagem de respeito e confiança. Esta empresa é a Disney, que fideliza clientes todos os anos, desde 1923, através do marketing de relacionamento e apostando no corporativismo. Com isso, a Disney avalia que o sucesso de uma marca é gerado por meio das experiências exclusivas e únicas que ela proporciona para seus clientes, pensando em todos os detalhes para que suas ações, serviços e produtos se eternizem na memória dos consumidores.


Curta & Compartilhe:

jul
25

10 TED TALKS que todo empreendedor deveria assistir

10_ted_talks_empreendedorismo_link Leia Mais

Curta & Compartilhe: