Insights Boxx

Novidades sobre o mercado, tendências e consumidores

set
27

Quando uma marca deve abraçar causas sociais?

Postado em por Luciano Montelatto in Blog

 

drag

O mundo mudou muito nos últimos tempos, as diferenças que sempre foram um grande tabu, hoje são cada vez mais aceitas e respeitadas.

Foi pensando nisso, que muitas marcas ao redor do mundo decidiram abraçar causas sociais. Afinal, na maioria das vezes seu público é composto de uma grande diversidade: homens, mulheres, brancos, negros, heterossexuais, homossexuais, pessoas com alguma deficiência física ou mental e por aí vai.

Porém, houve casos onde esse ato de abraçar causas sociais não surtiu o efeito que a marca esperava e acabou causando uma grande polêmica, refletindo numa imagem negativa para empresa. Foi por isso, que preparei esse post para refletirmos sobre quando uma marca deve abraçar causas sociais.

Um caso clássico foi quando Guido Barila, presidente da marca Barilla de massas italianas tentou se retratar após pronunciamento, dizendo que respeita a união homossexual e o casamento entre pessoas do mesmo sexo, porém prefere que sua marca seja respresentada por famílias tradicionais porque passa uma impressão de maior acolhimento. No mal-entendido, ele havia afirmado que jamais usaria homossexuais para representar as famílias nos seus comerciais.

É muito importante que a marca não abrace causas sociais somente em momentos de retratação. Deve-se tomar muito cuidado com a forma como vai se pronunciar com seu público para não causar ranhuras na marca, que muitas vezes podem ser irreparáveis.

pr-drag-3

(Foto: Burger King/Divulgação)

Entretanto, muitas marcas de grande nome vêm deixando o tradicionalismo de lado e apostando em campanhas e alinhando estratégias de branding com homossexuais e drag queens, como o Starbucks e o Burger King. As campanhas têm feito o maior sucesso e causado grande repercussão. Mas como sempre, não é possível agradar a todos e sempre haverá quem seja contra. Por isso, é muito importante ter atenção ao público antes de escolher associar sua marca a qualquer temática.

Quem já parou para prestar atenção nas propagandas das marcas de cerveja – como a Skol, por exemplo – já deve ter percebido a grande exposição das mulheres em seus comerciais. Coisa que se repetiu por muitas décadas.

Com a grande mudança que houve na vida das mulheres devido ao movimento feminista, a conquista de muitos direitos e a luta contra o machismo, a Skol vem se adaptando. Afinal, por muito tempo a imagem da mulher foi tratada como objeto em suas campanhas.

Com isso, a marca decidiu se retratar não apenas com um singelo pedido de desculpas ao seu público feminino, mas de apostar na contratação de mulheres na hora de criar suas novas campanhas e recriar as antigas que continuam a circular e causar efeito. A marca passou a optar também por mais equilíbrio e diversidade em sua comunicação.

campanha_skol

(Foto: Divulgação)

Como os pensamentos e comportamentos das pessoas evoluem constantemente, é muito importante que as marcas reconheçam isso e acompanhem essa evolução, o que tem sido muito positivo.

Por fim, uma marca só deve tocar em temas sociais que forem verdadeiramente significativos não só para ela como para seu público. Qualquer tentativa de abraçar causas sociais, sem que estas estejam alinhadas com o DNA da marca e dentro das estratégias de branding, podem ser muito mais prejudiciais do que positivo e ainda soar como oportunista.

E se ainda algumas causas não fazem sentido para sua marca, porque não procurar entender melhor e se aprofundar mais nesses movimentos? Será que não vale a pena abrirmos a mente para estas questões, por que uma coisa é certa, a conscientização da presença da diversidade veio para ficar.


Curta & Compartilhe:
Tags: agência / boxx / branding / causas sociais / diversidade / drag queen / estratégia / polêmica
logo_boxx

INSIGHTS BOXX

 

Assine nossa newsletter Insights Boxx e receba novidades por e-mail.

Obrigado por assinar nossa newsletter! Para começar receber nossas atualizações enviamos um email de confirmação, verifique em sua caixa de spam.