Insights Boxx

Novidades sobre o mercado, tendências e consumidores

jun
06

Design Thinking: como ajudar sua empresa em tempos de crise

Postado em por Luciano Montelatto in Blog
design_thinking_boxx

Imagem: Pexels | CC0 1.0 Public Domain

Em tempos de crise, desenvolver diferenciais competitivos para fazer que uma marca seja um referencial de inovação e criatividade é essencial para toda empresa que deseja destacar-se no mercado. Mas como “pensar fora da caixa” e encontrar soluções funcionais para problemas reais? A resposta para essa pergunta está na aplicação do Design Thinking em seu ambiente de negócios. Para compreender como ele funciona, leia nosso post e entenda como essa metodologia irá ajudar a sua organização!

O que é Design Thinking?

O termo Design Thinking foi criado pelo CEO da IDEO (Consultoria de Design e Inovação), Tim Brown, para designar a forma de ser e de pensar como um designer no processo de resolução de problemas. Segundo Tim Brown, todos os profissionais presentes em uma empresa devem criar os seus produtos e serviços como se fossem um designer, pois assim conseguirão ser, literalmente, inovadores naquilo que fazem. E para isso, é necessário sair de ações táticas e operacionais e priorizar reflexões estratégicas.

É importante ressaltar que o conceito de Design Thinking está relacionado a uma ferramenta de inovação, e não à substituição do trabalho exercido por um profissional dessa área. Na verdade, essa ideia está relacionada à gestão de qualquer empreendimento e visa valer-se de técnicas utilizadas no design para encontrar soluções para problemas recorrentes.

Como aplicar o Design Thinking?

O processo de aplicação da técnica de Design Thinking é feito em um grupo e é composto por cinco etapas, como definido pelo Instituto de Design de Stanford.

A primeira etapa é a criação de empatia, para buscar a compreensão de um problema. Nessa fase, os participantes buscam entender as “dores”, isto é, os desafios cotidianos, a fim de identificar quais são as necessidades, gostos, desejos, inquietudes, entre outros detalhes, de consumidores, funcionários, usuários de um transporte etc. Feito isso, o segundo passo é definir qual é o problema que precisa ser solucionado. Adiante, na terceira etapa, é hora de expor ideias que poderão solucionar a questão. O importante nessa etapa é que todos os pensamentos possam surgir e ser exprimidos livremente, sem qualquer tipo de censura.

Na quarta etapa, é preciso destacar algumas ideias para criar protótipos, que podem ser desenhos, maquetes, esculturas, montagens, entre outros, para que eles representem o produto final. E por último, no quinto passo, é necessário testar o experimento para verificar se ele realmente é eficaz na solução de um problema para, se confirmada sua funcionalidade, moldá-lo de forma comercial para inserção no mercado.

Quais são os principais benefícios do Design Thinking?

O Design Thinking é uma técnica barata, rápida e, se empregada corretamente, eficaz na obtenção de resultados que geram valor por meio da inovação. Como todos os seus passos fluem de forma a estimular a criatividade dos que participam de seu processo, sem que para isso sejam necessários equipamentos de última geração ou conhecimentos profundos de um determinado tema, ela pode ser aplicada em qualquer ambiente de negócios ou em qualquer situação que exija a descoberta de soluções criativas.

Outro ponto favorável dessa metodologia é que são criados produtos com foco nas necessidades, percepções, desejos e comportamentos de um grupo de pessoas, para as quais a utilização do produto criado trará vantagens percebidas rapidamente (o que irá gerar a vontade do consumo). Outra vantagem do Design Thinking é o fato de que todo o processo considera os conhecimentos manifestos dos participantes e suas experiências com os protótipos para definir a funcionalidade da solução criada, o que evita gastos financeiros e de tempo com longas pesquisas.

Como mostrado ao longo deste post, a aplicação do Design Thinking não se limita apenas a empreendimentos cujo foco está voltado para o design, mas a qualquer empreendimento que busca desenvolver soluções inovadoras e criativas para seus clientes.

E se você se interessou por esse tema, assine nossa newsletter para receber outros conteúdos relevantes para seu empreendimento diretamente em sua caixa de e-mail!


Curta & Compartilhe:
Tags: branding / crise / design thinking / inovação / marca
logo_boxx

INSIGHTS BOXX

 

Assine nossa newsletter Insights Boxx e receba novidades por e-mail.

Obrigado por assinar nossa newsletter! Para começar receber nossas atualizações enviamos um email de confirmação, verifique em sua caixa de spam.